0

A visão do bebê

Sim, é mais ou menos assim que o seu bebê enxerga! As imagens borradas e sem cor pouco a pouco vão ganhando cores e formas.
 
Nesse início da vida o bebê enxerga a uma distância próxima de 30 cm, por isso o rosto das pessoas visto de tão pertinho chama muita atenção dos pequenos.
No primeiro mês de vida as imagens vão começando a ganhar cor e nos meses seguintes o bebê começa o discernimento cromático do vermelho, amarelo, verde, azul e violeta, nessa sequência. As imagens ganham contornos, nitidez e volume além das cores.
E por volta dos seis meses, a visão dos pequenos já é semelhante a de um adulto e está pronta para ver mais desafios e explorar o mundo!
Portanto, nesse início da vida do bebê o contraste entre o preto e branco chama muita atenção, diferente do que pensamos e ofereceríamos ao bebê que seria objetos coloridos.
É possível de uma forma simples e fácil estimular a visão do bebê fazendo móbiles com papel que vão mudando de acordo com o desenvolvimento do pequeno de forma gradativa. Estimula na medida certa!
E o que isso tem haver com shantala? TUDO! Primeiro pelo fato da massagem ter um contato corporal intenso e ser um momento olho no olho. E também é um contraponto. Se você deseja fazer shantala na rotina da noite, ter momentos com o bebê e criar um ambiente desafiador é importante para que o pequeno se desenvolva plenamente.
E saiba que no curso de Shantala, conversamos sobre massagem e tudo o que envolve o desenvolvimento do bebê!
 
Olha só que fofura o Theo se esbaldando na brincadeira com o móbile feito pela sua mãe Marilia! 

Denise Gurgel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.